FSOTAM

Novembro 14 2008


Durante cerca de um quarto de século ao serviço desta companhia profissional de teatro, Carlos Rodrigues (Manel Bola), participou em 58 produções, alguns deles também como encenador e autor. Iniciou a sua actividade artística na “Ribalta”, passando pela “Teia”, fixando-se depois no TAS, onde se reformou, há três anos.
O maestro Carlos Pinto, ex. sub-chefe da Banda da Armada, e sócio desta associação sadina, há oito anos sedeada num armazém da Lota, explicou a «O Setubalense» que a nomeação acontece sempre com um ano de antecedência, no final de cada um dos anuais espectáculos.

Instado sobre a figura a homenagear em 2009, Carlos Pinto garante haver “nomes no ar, nas diversas áreas, mas nada está definido.” Mas deixa uma certeza: “No final do espectáculo deste domingo, esse nome será divulgado publicamente.”
ACTOR Em antecipação, o conhecido actor confessoua «O Setubalense» o seu reconhecimento por esta homenagem prestada pela associação de ex. marinheiros. “Gosto do mar, mas dele nunca fiz vida,” atira, recordando os tempos em que serviu tropa no Ultramar: “Para lá, fui a bordo do ‘Niaça’ e no regresso, em 1970, vim no ‘Uige’. Mas nunca enjoei no mar”, garante. Carlos Rodrigues, nascido há 64 anos, na Travessa de S. Cristovão, em plena baixa comercial, considera esta uma homenagem “pura.” E lembrou que o ano passado até se assustou quando o anunciaram como o homenageado em 2008. “Assisti à homenagem, póstuma, ao meu amigo Xico da Cana, e até desabafei no palco que desejava chegar vivo à minha homenagem. Já falta pouco…” gracejou o actor. Sobre pormenores do espectáculo de domingo, confessa “nada saber”, mas que aguarda (re)ver “muitos amigos”
.

publicado por famatos às 12:34

Bem-Vindo ao meu Blog muito obrigado pela visita
mais sobre mim
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
blogs SAPO